Criar um Site Grátis Fantástico
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.9/5 (2166 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página


A origem dos dias dos pais !
A origem dos dias dos pais !

Estados Unidos:

Em 1909 Sonora Louise Dodd, filha do veterano da Guerra Civil, John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão de sua mãe, teve a idéia de celebrar o Dia dos Pais. Sonora, de Washington, queria um dia especial em homenagem ao pai, que viu sua mulher dando a luz ao sexto filho, tendo que criar o recém-nascido e seus outros cinco filhos sozinho.

Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém; foi destemido e amável. Então, já que John Bruce Dodd, pai de sonora, nascera no mês de Junho, ela escolheu celebrar o primeiro Dia dos Pais em Spokane, Washington, no dia 19 de junho de 1.910.

Por fim, em 1924 o presidente Calvin Coolidge, apoiou a idéia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial declarando o terceiro Domingo de Junho como o dia dos pais.

Brasil:

Já no Brasil, quem importou a data foi o publicitário Sylvio Bhering. Instituindo no dia 14 de Agosto de 1953, período que coincidiu com o dia de São Joaquim, patriarca da família, atualmente é comemorado no 2º domingo do mês de agosto, sendo a data brasileira diferente da americana e européia.

Podemos observar, que no Brasil, o dia dos pais, está diretamente ligado a idolatria, pois há uma reverência ao dia de São Joaquim, patriarca da família, data comemorada conforme a tradição da igreja católica. Portanto, qualquer que fizer ou aceitar qualquer homenagem referente ao dia dos pais, estará também compactuando com a festa pagã e consequentemente referenciando também a idolatria, o que é abominação ao Senhor Deus (veja o estudo bíblico sobre a A ABOMINÁVEL IDOLATRIA.

Por isso, precisamos ter muito cuidado com essas coisas que aparentemente são inofensivas, ou motivação para festas saudáveis, mas que na realidade é uma armadilha satânica para tragar o povo escolhido de Deus. Precisamos ter olhos espirituais para não cairmos em tentação, pois não podemos de forma alguma sair por aí, praticando tudo conforme a vontade do mundo e contrariando a vontade do Deus.

O que precisamos entender é que o único “Pai” digno de reverência, adoração, honra e glória, é Deus, porque “Ele” é o criador de todas as coisas que no universo há. Deus não compartilhar a sua glória com nenhum outro ser, observe a palavra no livro de Isaias 42.8, onde Ele mesmo disse: Eu sou o Senhor, este é o meu nome, a minha glória pois a outrem não darei, nem o meu louvor as imagens de escultura. Porque Dele, por Ele e para Ele, são e foram feitas todas as coisas.

Examinais as Escrituras Sagradas, palavras sabiamente escritas por mãos de homens, divinamente inspirados pelo Espírito Santo de Deus que, de Cristo testificam, o qual deu a si mesmo, em sacrifício vivo, para nos remir dos pecados.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna (Evangelho de João 3.16). Deus seja eternamente louvado, e o seu Filho Glorificado.